Como a análise de dados pode aumentar suas vendas

A análise de dados é essencial em um mercado de mudanças rápidas e pode ser uma ótima estratégia para aumentar vendas. Saiba mais no blog do Funil em Y.

Dados. Se você está de olho nas novidades do mercado, não importa em que setor, já deve ter se deparado com informações sobre a importância deles. Big Data, por exemplo, é um termo que tem criado cada vez mais relevância. E uma das possíveis vantagens de estar de olho nos dados é aumentar vendas. 

Segundo a pesquisa Global State of Enterprise Analytics 2020, divulgada no fim de 2019, entre as empresas brasileiras que utilizam  Data Analytics, 60% delas apostam nessa análise como um guia para criar estratégias e promover mudanças. E é exatamente essa a grande vantagem da análise de dados. 

Neste blogpost, vamos te explicar como uma boa análise de dados colabora de fato para que sua empresa atinja os clientes certos e consiga aumentar vendas. 

Estratégia baseada em fatos 

Toda empresa quer crescer, mas o cenário atual implica em mudanças repentinas e atualizações constantes. Ou seja, é um  panorama incerto. É por isso que se torna tão necessária a análise dados: é uma boa forma de parar de ter incertezas sobre os próximos passos. 

Um assunto que tem ganhado bastante relevância no mercado é a análise preditiva. A ideia desse tipo de análise é reunir históricos antigos, cruzar e comparar tendências e, assim, entender o que tem mais probabilidade de acontecer no futuro. 

Ou seja, dentro do cenário de vendas, é possível, por exemplo, comparar características comuns entre clientes, ver quais foram as ações tomadas em determinados pontos do ciclo de vendas e fazer uma projeção do que deve acontecer com clientes que estão sendo prospectados. 

O que é preciso para aumentar vendas com dados 

A primeira dica é ter suporte de ferramentas e tecnologias que facilitem o acesso a esses dados. Neste texto, já citamos Big Data. Ele se refere ao número enorme de dados disponíveis nos dias de hoje. A quantidade é tão grande que a avaliação apenas humana dessas informações pode ser muito mais demorada e, em alguns casos, quase impossível. 

Do Google Analytics até softwares personalizados, as tecnologias que reúnem dados tornam muito mais prática a pesquisa por informações específicas, além de disponibilizarem gráficos e relatórios precisos sobre o que você considerar necessário para aumentar suas vendas. 

Métricas 

Não adianta querer medir tudo. Antes de começar a adotar uma atitude análitca dos dados, é preciso definir quais deles são mais importantes para seu negócio. Essas métricas devem estar ligadas às metas que sua empresa tem.

A primeira grande vantagem disso é que todo o time de vendas passa a se organizar em prol do objetivo final. As métricas servem, então, para que ocorra um acompanhamento dos dados que colaboram para  a equipe aumentar vendas. 

Definir três métricas para serem acompanhadas no início já pode ser uma ótima forma de incentivar uma postura análitica. E, falando em vendas, são várias as possibilidades. 

Indicadores como duração do ciclo de vendas e tempo de resposta dos leads são alguns exemplos. 

O essencial é que essas métricas façam sentido para seu negócio. 

Área dedicada à análise 

Já ouviu falar em Business Intelligence? Entre as responsabilidades de quem trabalha nesse setor está a coleta, organização, análise e monitoramento de dados. 

O profissional de BI faz amplas análises preditivas e de concorrência, sendo um importante braço estratégico para a tomada de decisões, inclusive na área de vendas. 

Por isso, empresas que estão apostando na criação e desenvolvimento desse setor têm saído na frente e impulsionado resultados.

Outras dicas para aumentar vendas 

Além da análise de dados, existe outro ponto muito importante para que sua empresa consiga impulsionar o número de vendas. Ter as equipes de marketing e vendas alinhadas é essencial. Quer saber como? Confira em nosso e-book gratuito.

Ainda não há comentários! Você é o primeiro a comentar