Break even: descubra como conquistar equilíbrio financeiro

Break even

Caso você já tenha assistido algum reality show de empreendedorismo ou conheça, mesmo que um pouco, sobre finanças, com certeza você já ouviu falar sobre o break even, o ponto de equilíbrio financeiro desejado por 10 entre 10 empresários no mundo todo.

Muito conhecido no universo dos negócios, o break even serve para identificar a saúde dos empreendimentos e é um conceito de extrema importância para qualquer empresa, independente do seu tamanho ou faturamento. Continue a leitura e entenda porque o break even é fundamental para o seu negócio.

 

Então, o que é break even?

Como o próprio título deste artigo já diz, break even é o ponto de equilíbrio nas finanças de uma empresa. Em outras palavras, o break even aponta o momento — ou o valor — exato em que um investimento passa a “se pagar”; ou seja, quando ele deixa de dar gastos e começa a dar lucros

Assim como muitos outros termos do mundo financeiro, a expressão break even também vem do inglês e pode ser traduzido como empatar. Dessa forma, podemos afirmar que quando uma empresa consegue recuperar o dinheiro investido para começar o negócio, ela alcançou seu ponto de break even. 

Mas também é chamado de break even quando, em um recorte mensal, as receitas “empatam” ou até superam as despesas, gerando uma contabilidade saudável para a empresa. Tudo isso é feito a partir de um cálculo entre despesas e receitas, que veremos mais pra frente.

O break even serve como um indicador de desempenho e, portanto, alcançá-lo é um dos objetivos principais de qualquer empresa ou gestor. Pode até parecer difícil, mas, ao contrário do que muitos pensam, entender esse indicador não exige um conhecimento profundo do mercado financeiro, mas sim, do negócio em questão.

Além de ser uma importante fórmula para determinar o crescimento de uma empresa logo em seu início, o break even também pode, e deve, ser recalculado a cada novo mês ou novo projeto, para garantir o sucesso da empresa e certificar que realmente o negócio está indo bem.

 

Porque é importante para a minha empresa?

Mesmo que você não tenha familiaridade com essas palavras, temos certeza de que você também deseja alcançar o break even. Quer saber como? 

Conhecer exatamente qual é o ponto de equilíbrio é o que vai possibilitar à uma empresa identificar os prejuízos ou lucros no fim do dia, mês, ano ou qualquer outro período estudado.

Por meio dessa descoberta, a empresa também pode ter insights importantes sobre custos de produção, comercialização, venda, entre outros, e uma noção geral do que é preciso para fazer o negócio, de fato, crescer.

Independentemente do tamanho, segmento ou faturamento da sua empresa, qualquer negócio pode calcular o break even e se basear em seus resultados para traçar metas e evoluir na velocidade do mercado.

Como calcular o break even?

Agora que você já entendeu a importância de conhecer esse indicador, chegou a hora de calcular o break even do seu negócio. Para isso, a primeira coisa a ser feita é ter um descritivo completo de todas as receitas e custos da sua empresa — esse último, divididos em fixos e variáveis — no período que você deseja analisar.

As receitas, você sabe, é o valor bruto que entra no seu caixa, por cada produto ou serviço que você vendeu no período escolhido. Já os custos são separados em duas categorias: fixos e variáveis

De acordo com o blog da fintech Nubank (Afonso, 2021):

Os custos fixos são as despesas fixas da sua empresa, ligadas a espaço físico, pessoal, impostos e que não dependem do seu volume de vendas. Já os custos variáveis estão diretamente ligados ao volume de vendas. Em outras palavras, os custos necessários para as vendas acontecerem.”

Para facilitar esse processo, vamos considerar uma empresa fictícia e determinar alguns valores para exemplificar essas fórmulas. Imagine uma pequena cantina italiana que trabalha com espaço presencial e delivery próprio. Em um mês, esses seriam os valores: 

  • Custos fixos: R$15.000

Aqui entram: contas de consumo (água, luz, gás, internet), impostos, salário de funcionários, sistema de gestão de caixa e estoque, etc.

  • Custos variáveis: R$16.000

Aqui entram: matéria-prima (alimentos e bebidas), combustível e embalagens para as entregas, etc.

  • Receita: R$50.000

A forma mais simples de identificar o equilíbrio entre esses valores é verificar se a empresa consegue faturar o suficiente para cobrir seus gastos (a soma dos custos fixos e variáveis). Para descobrir, basta subtrair (-) os custos da receita. Se o resultado for positivo, sabemos que o break even já foi alcançado. No nosso exemplo ficaria assim:

Receita – (custos fixos + custos variáveis)

50.000 – (15.000 + 16.000) = ?

50.000 – 31.000 = 19.000

Aqui, além de superar o break even, o faturamento da cantina renderia um lucro de R$19.000 no período analisado.

 

Break even point: o ponto de equilíbrio do seu negócio

Além de descobrir se o break even foi superado, também existem fórmulas mais precisas feitas para encontrar exatamente o ponto deste break even, ou seja, o valor exato para que sua empresa não dê prejuízos e passe a lucrar. Esse ponto também é chamado de break even point ou ponto de equilíbrio financeiro (PEF).

Para encontrá-lo, existem basicamente duas fórmulas. A primeira é por meio do índice da margem de contribuição (IMC), determinado a partir da receita menos (-) os custos ligados diretamente a ela, que são os custos variáveis, e dividida (/) pela receita total. Diferentemente dos outros valores dessa equação, o índice da margem de contribuição é expresso por um número decimal. Usando nosso exemplo da cantina, a fórmula fica assim:

Índice da margem de contribuição = (receita – custos variáveis) / receita

Índice da margem de contribuição = (50.000 – 16.000) / 50.000

Índice da margem de contribuição = 34.000 / 50.000

Índice da margem de contribuição = 0,68

Com o índice pronto, agora chegou a hora de finalmente descobrir o break even point. Basta dividir (/) os custos fixos pelo índice; seguindo nosso exemplo, a fórmula fica assim:

Break even point = custos fixos / IMC 

Break even point = 15.000 / 0,68

Break even point = 22.058

Ou seja, o ponto exato em que nossa cantina atinge o equilíbrio financeiro é quando ela conquista um faturamento de R$ 22.058 mensais.

Mas, como dissemos, existe uma segunda fórmula para determinar o break even point e esta não passa pelo índice da margem de contribuição. Ela pode parecer um pouco mais complicada, mas obedecendo a ordem de resolução da equação — primeiro as chaves [ ], depois os parênteses ( ) — é possível chegar até mais rápido ao resultado. Neste caso, a fórmula fica assim:

Break even point = custos fixos / (1 – [custos variáveis / receita])

Break even point = 15.000 / (1 – [16.000 / 50.000])

Break even point = 15.000 / (1 – 0,32)

Break even point = 15.000 / 0,68

Break even point = 22.058

De um jeito ou de outro, você vai chegar ao mesmo resultado: o ponto de equilíbrio financeiro da cantina do nosso exemplo é R$ 22.058.

Sabemos que quando se fala em cálculo a coisa pode parecer muito mais complicada do que realmente é. Mas, mesmo para você que não tem muita afinidade com contas, a fórmula para encontrar o ponto exato do break even é bem fácil de ser resolvida. Uma vez que você tem todos os valores, como citamos aqui em cima, basta uma calculadora e você descobrirá o ponto de break even da sua empresa.

 

Dicas para uma boa saúde financeira

Por fim, gostaríamos de lembrar que a saúde da sua empresa vai muito além do break even. Pode parecer óbvio, mas é bom ter em mente que o break even é apenas uma parte dos seus objetivos financeiros e, até mesmo para ele, o mais importante a considerar é o conhecimento sobre o seu negócio.

Como você pode ver, os custos e receitas devem ser mensurados com precisão e isso só vai acontecer quando você tiver um controle impecável sobre tudo que entra e sai do seu caixa. Aqui vale ressaltar também a importância de uma gestão forte, presente e atenta ao mercado.

Para que você não perca de vista o que realmente importa, separamos aqui algumas dicas que vão muito além do break even.

 

Planeje cada passo

Muito antes da abertura de uma empresa, alguns fatores precisam ser analisados e decididos com calma e, principalmente, planejamento.

Para saber, por exemplo, quanto é preciso investir para abrir um negócio, é necessário um estudo do mercado, estudos sobre o produto ou serviço e também do público. Além, é claro, de um conhecimento profundo pela sua empresa e o que você espera dela. A pesquisa é fundamental aqui.

Mesmo depois que sua empresa estiver funcionando, novos projetos merecem novos planejamentos. Por isso, anote todas as descobertas durante esse processo e trace metas para alcançar seus objetivos. 

 

Acompanhe os processos

Depois que o CNPJ sair do papel, é preciso acompanhar de perto cada situação e desafio pelos quais a sua empresa vai passar. 

Nesse momento, é imprescindível acompanhar e até revisar cada valor que passa pela conta do negócio, seja em entradas ou saídas. Acompanhe também a movimentação dos caixas e das vendas, faça relatórios e planilhas de controle e fique atento para identificar e solucionar possíveis problemas na estrutura da sua empresa.

Nessa fase também é essencial fazer o máximo para evitar gastos e otimizar processos, mesmo que os últimos resultados tenham sido positivos. Isso só trará benefícios para o seu negócio, principalmente a longo prazo.

 

Analise suas métricas

Sabe os relatórios que você fez? Agora chegou a hora de analisá-los. Tire um tempo para se concentrar nesta tarefa e tente ao máximo fazer essa análise sem pré-julgamentos ou parcialidade; só assim você consegue chegar em uma conclusão justa e um diagnóstico sincero sobre o seu negócio.

Essa análise, na verdade, não é um passo, mas sim, uma constante dentro de uma empresa e também é fundamental para identificar possíveis erros, obter insights para as próximas ações e, claro, comemorar seus resultados. Sem contar que essa é a etapa ideal para traçar novos planos e começar tudo de novo.

Viu como o break even não é um bicho de sete cabeças? Esperamos que esse artigo tenha esclarecido suas dúvidas a respeito desse conceito e incentivado você a buscar o tão sonhado ponto de equilíbrio financeiro do seu negócio. 

Se quiser saber mais sobre negócios, inovação, marketing e vendas, clique no botão abaixo e continue explorando nossos conteúdos:

break even

Ainda não há comentários! Você é o primeiro a comentar