Freemium – o que é e quais os benefícios para o negócio?

Aderindo ao modelo de negócio freemium, sua empresa pode aumentar as taxas de conversão e fidelização de clientes. Veja mais:

Provavelmente você já foi impactado(a) por um negócio freemium, mas não o reconhece por esse nome.

Freemium é um modelo de negócio que disponibiliza um produto e/ ou serviço gratuito, e conforme o consumidor avança na jornada, desejando novas funcionalidades, precisa adquirir a versão paga.

É uma prática muito utilizada por aplicativos, ferramentas e softwares. Em que disponibilizam certas funções no modo gratuito e deixam o cliente tomar a decisão de aderir ou não ao produto e/ ou serviço completo.

Essa tática é boa para aproximar o contato entre marca e cliente, formando um relacionamento mais próximo.

Afinal, há uma atração do usuário pelo gratuito, a conquista na utilização da ferramenta e depois, a fidelização ao adquirir a versão paga.

Não podemos deixar de citar o fortalecimento da presença da marca no mercado e a autoridade com o público.

Mas, como funciona um negócio freemium?

Para conquistar uma base de clientes maior, a intenção é disponibilizar um produto e/ ou serviço de forma gratuita e, após um período, iniciar uma abordagem para incentivá-los a realizar melhorias e aderir às novas funcionalidades.

Por meio de fluxos de e-mail, divulgação nas redes sociais e depoimentos de usuários que já estão utilizando a versão paga, a marca consegue impactar novos usuários e garante a conversão dos que já utilizam a versão gratuita.

Uma estratégia que garante ótimos resultados, pois com a transformação digital cresceu significativamente o uso de smartphones e dispositivos móveis e o comportamento de consumo mudou.

Portanto, para atender a essa nova demanda, foi necessário repensar nos modelos de negócio e encontrar algo que fosse de encontro ao que o público buscava.

O freemium aparece como uma vantagem competitiva entre os concorrentes, com os potenciais clientes experimentando de maneira fácil e rápida seu produto e/ ou serviço.

É importante ressaltar que mesmo sendo uma versão gratuita, deve entregar valor ao usuário e ter funções que são utilizadas no dia a dia do cliente, para despertar a curiosidade sobre as opções pagas.

Empresas que utilizam essa estratégia

Para que fique mais claro o funcionamento do modelo de negócio freemium, trouxemos algumas empresas que utilizam essa estratégia e garantem bons resultados. Confira:

Spotify

Não existe um exemplo melhor para começar. Afinal, o Spotify faz parte do dia a dia de muitas pessoas, não é mesmo?

Oferece um serviço único para todos os usuários: músicas ilimitadas, podcasts e conteúdos exclusivos. A única diferença para a versão paga são os anúncios que interrompem a experiência.

Ao adquirir o pacote da plataforma, o usuário pode baixar músicas, não é interrompido por anúncios e possui outras funcionalidades que tornam a experiência ainda mais satisfatória.

Os resultados são excelentes e só no ano de 2015 o Spotify contava com 75 milhões de usuários e desses, 20 milhões eram assinantes da versão paga.

Google Meet

Estamos tão acostumados a fazer chamadas de vídeo que não percebemos algumas mudanças nas plataformas. Mas, atualmente, a plataforma do Google que proporciona esses encontros virtuais apresentou mudanças.

Dentre essas mudanças está o limite de apenas uma hora para realizar uma chamada, para conseguir ultrapassar esse tempo é preciso adquirir a versão premium da plataforma.

Uma ótima estratégia, que desperta a curiosidade daqueles que já conheciam a plataforma e querem conhecer as novas funções e, com certeza, é uma ferramenta que está presente no dia a dia de muitos negócios.

Dropbox

Empresa de armazenamento e compartilhamento de arquivos, o Dropbox permite que pessoas de qualquer parte do mundo acessem, salvem e troquem conteúdos por meio de um sistema na nuvem.

Mas, a sua versão gratuita dá direito a apenas 2 GB de armazenamento, ou seja, para aqueles que desejam mais espaço, é necessário fazer um upgrade e encontrar o pacote que melhor atende às suas necessidades.

Outro exemplo bem parecido com esse é o Google Drive, que também possui um modelo freemium, libera 15 GB para armazenar arquivos. Aqueles que desejam ter acesso a mais, devem contratar um pacote.

Vantagens em aderir ao freemium

Além das vantagens descritas ao longo do conteúdo, existem algumas outras que devem ser mencionadas, principalmente para quem está pensando em adotar um modelo de negócio freemium.

Com certeza, uma das principais vantagens é o maior conhecimento sobre o público. Porque para ter acesso ao modelo gratuito é preciso preencher um formulário e, a partir dessas informações,um perfil é traçado.

E com a utilização da plataforma, o usuário também permite que dados como gostos, desejos e necessidades, sejam acessados, gerando insights para estruturar estratégias mais eficientes e conquistar a fidelização.

Outro benefício importante é o reconhecimento e valor da marca. Ao liberar parte do seu produto e/ ou serviço, fica registrada na mente do consumidor, sendo lembrada com facilidade.

Com os clientes lembrando da marca e do serviço e/ ou produto oferecido, o negócio conquista mais autoridade no mercado.

A estratégia, quando colocada em prática e de maneira correta, garante ainda o aumento das taxas de conversão e fidelização, conquistando os clientes de forma eficaz e assertiva. 

E para torná-la ainda mais eficiente, é importante realizar uma boa gestão de relacionamento prol da satisfação do cliente, alinhando todas as áreas do seu negócio. 

Descubra mais sobre a técnica e como implementá-la para conquistar ainda mais resultados:

Aderindo ao modelo de negócio freemium, sua empresa pode aumentar as taxas de conversão e fidelização de clientes. Veja mais:

Ainda não há comentários! Você é o primeiro a comentar