Marketplace: use o inbound marketing para atrair pessoas

Quer atrair usuários e vendedores para o seu marketplace? O inbound marketing pode ser a solução ideal.

Você possui um marketplace e deseja atrair um número maior de visitantes? Quer que mais vendedores se interessem pela sua plataforma? A estratégia de inbound marketing pode ser a solução ideal.

A metodologia tem como propósito atrair, converter e nutrir clientes por meio da produção de conteúdo informativo publicado em redes sociais, sites e blogs. 

Dessa maneira, a empresa não precisa ir ativamente atrás dos clientes, mas esperar que eles venham até ela (interessados em suas publicações e posicionamento).

O funil para marketplace

Essa estratégia usa e adapta o funil de marketing de acordo com as necessidades do cliente e da empresa. Em geral, trabalhamos três etapas:

  • Atração

A fase inicial busca atrair visitantes regulares para a sua plataforma. Portanto, técnicas de SEO (Search Engine Optimization), uso de termos que sejam gatilhos para as dores e necessidades do seu público-alvo e uma linguagem clara e acessível são fundamentais.

Nessa etapa, o usuário não necessariamente já está decidido a buscar pelo seu produto, ele pode ter apenas clicado por curiosidade. Seu objetivo, então, é usar a página para fazê-lo entender que precisa da sua solução.

  • Conversão

Chegou o momento de converter os visitantes em leads: os famosos clientes em potencial. Existem diversas maneiras de se fazer isso: pop-ups para inscrição em newsletters, landing pages com promoções, pré-vendas ou mesmo conteúdos gratuitos.

Caso você tenha um marketplace de moda, por exemplo, pode desenvolver um e-book do tipo “tendências e combinações em alta no verão” e oferecê-lo na sua plataforma por meio de um formulário.

  • Nutrição

Com os dados dos usuários coletados na landing page (e-mail, nome, cidade e profissão), é possível inseri-los em fluxos de automação estratégicos, que ofereçam conteúdo consistente e indiquem os produtos, com foco em vendas.

Também é interessante desenvolver um sistema de pontuação: o que chamamos de lead scoring. As empresas devem atribuir a cada ação e a cada característica um número de pontos. Caso o lead bata determinado número, significa que está alinhado com o perfil de cliente ideal esperado pela companhia.

Criar réguas específicas para esses leads, que apresentam maior fit e chance de comprar, pode ser uma boa opção.

  • Pós-vendas

Por fim, o lead se converte em cliente. Nessa fase, é importante não deixá-lo de lado. Colete feedbacks sobre o conteúdo, sobre a jornada de compra, sobre sua experiência. 

O consumidor adora sentir que a sua opinião é importante. Analise as respostas e veja formas de melhorar seu sistema ou plataforma.

Fique à disposição para responder dúvidas e dar suporte (especialmente se a sua solução for complexa). Perguntas podem ser oportunidades de convencer o cliente a realizar uma compra que complementa a anterior, por exemplo. 

Programas de fidelização com descontos e benefícios também podem fazer com que o usuário retorne ao seu marketplace.

Dicas estratégicas para o inbound

Para entender se a estratégia é eficiente, você precisará mensurá-la. E, para que sua análise faça sentido, essa mensuração precisará estar atrelada a uma meta ou objetivo.

Assim, o primeiro passo é definir quais são os objetivos do seu marketplace com o funil do marketing. Pense em metas realistas, pesquise e estude sobre os players do mercado.

Após essa definição, com a estratégia rodando, já será possível começar a mensurar. Não deixe de analisar as taxas de conversão entre as etapas e os números de cada canal trabalhado. 

Aos poucos, esses índices vão ajudar a sua marca a entender onde é preciso alocar esforços e o que é necessário otimizar.

Alinhe o marketing ao setor de vendas

Aumentar a geração de leads e oportunidades de negócio pode ser mais simples do que você imagina. Em muitas empresas, a principal causa da escassez de resultados é o desalinhamento entre marketing e vendas.

Quando as duas equipes ou setores trabalham de maneira separada e não compartilham as mesmas metas, sua marca deixa de lucrar de maneira considerável.

Por isso, desenvolvemos um e-book gratuito ensinando como diagnosticar esse desalinhamento, solucioná-lo e fazer os dois times gerarem cada dia mais resultados. Confira:

 

 

Ainda não há comentários! Você é o primeiro a comentar