Mobile Commerce (m-commerce): vale a pena investir?

Mobile commerce consiste nas vendas realizadas por dispositivos móveis. Em nosso blog, confira as vantagens de investir esforços na técnica.

Mobile commerce é o nome que se dá para as vendas realizadas por meio de dispositivos móveis. Com a transformação digital e rápida mudança nos hábitos de consumo, essa tendência tem se aprimorado a cada dia.

Isso porque é muito prático realizar compras online. Basta alguns cliques em seu smartphone e pronto, o produto ou serviço já está disponível para o consumidor. 

E não apenas produtos digitais, mas também produtos físicos e outros tipos de serviços. A cadeia logística se desdobra para realizar entregas extremamente rápidas.

Para as empresas, essa técnica também oferece diversas vantagens, proporcionando maior visibilidade, engajamento, acessos e conversão. Afinal, com o mobile commerce, é possível atingir o seu público em qualquer hora ou lugar.

M-commerce x E-commerce

Ambos são canais virtuais de venda que possibilitam ao usuário realizar suas compras de forma simples.

E-commerce representa o varejo no mundo virtual. Também conhecido como comércio eletrônico, ao longo dos anos tem substituído diversas lojas físicas e mudado os hábitos dos consumidores.

O que muitas pessoas não sabem é que o e-commerce não é definido apenas como loja virtual. Marketplaces, vendas por e-mail marketing e redes sociais também fazem parte das suas modalidades.

Quando falamos do mobile commerce, estamos nos referindo ao comércio via dispositivos móveis

Por meio dos smartphones, os consumidores possuem mais tempo de acesso à internet e, consequentemente, maior facilidade em encontrar o que desejam, sem muito esforço.

Podemos notar que a diferença está apenas na ferramenta que é usada para realizar a compra. 

O mobile commerce é uma modalidade voltada apenas para smartphones e tablets e suas particularidades, já o e-commerce considera o computador como um meio viável.

Vantagens de utilizar o mobile commerce

Já citamos a facilidade que esse modelo leva até os consumidores e as oportunidades que apresenta para as empresas. Mas existe muito além disso. Como benefícios, podemos citar:

  • Não ter barreiras físicas para o cliente efetuar a compra (o que aumenta a taxa de conversão e o número de vendas)
  • Usar recursos mobile como notificações de promoções e novidades
  • Ter a localização do cliente vinculada ao aplicativo, permitindo oferecer produtos de maneira mais eficiente, como a geolocalização
  • Melhorar a indexação no Google
  • Ter a possibilidade de vendas por meio das redes sociais
  • Melhorar a experiência do usuário com uma plataforma interativa

Aqui, vale ressaltar que o site do comércio deve ser responsivo, ou seja, configurado para ter ótima performance de desempenho em dispositivos móveis

Para atingir o potencial cliente com mais eficiência, especialmente no caso de grandes empresas, é recomendada a criação de um aplicativo. Pode ser um clube de vantagens ou um app para compras.

De qualquer forma, a ideia é acrescentar diversas funcionalidades e melhorar ainda mais a experiência do usuário.

E não se esqueça de um ponto extremamente importante, adaptar o seu atendimento ao público para o online. 

Dessa maneira, os seus clientes vão se sentir mais confortáveis e seguros para tirar dúvidas, resolver problemas e efetuar a compra.

É preciso evoluir

O mobile commerce pode ser encarado como uma ameaça ao varejo. Porém, para aqueles que sabem encarar os desafios e transformá-los em oportunidade, há uma grande chance de alavancar os resultados do seu comércio.

Diariamente, diversos consumidores novos aparecem buscando sanar suas necessidades e você pode atingi-los de maneira eficaz.

Mas, para isso, é preciso investir em tecnologia e inovação, com objetivo de aprimorar os canais de venda, a experiência do consumidor e oferecer novos produtos ou serviços.

Em um blogpost completo, entenda quais são os principais erros e gargalos da equipe de vendas e saiba como contorná-los.

 

Ainda não há comentários! Você é o primeiro a comentar